Homem agride ex-companheira dentro da Delegacia da Mulher

Professora é assassinada com tiro na cabeça no interior de São Paulo.
(foto: ilustração/Pixabay).

Na última terça-feira (14), uma mulher de 40 anos foi agredida pelo ex-companheiro de 21 anos dentro da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Andradina (SP).

Segundo a ocorrência policia, os dois mantiveram um relacionamento que durou três meses, no entanto, nas últimas semanas o homem começou a ofender, agredir fisicamente e ameaçar a mulher de morte. Os últimos fatos dentro do relacionamento motivaram a vítima a terminar, porém, o homem não aceitava.

O agressor começou a perseguir a vítima enquanto ela andava pelo centro da cidade na terça-feira (14), assustada e com medo, ela entrou da delegacia em busca de ajuda, ele teria entrado atrás dela e ao perceber que não havia nenhuma pessoa na recepção, ele começou a tentar enforca-la e puxar seus cabelos. Neste momento a mulher pediu socorro aos gritos, funcionárias da delegacia ouviram e foram correndo para impedir que o homem continuasse as agressões.

O homem foi preso em flagrante e permanece a disposição da justiça. A mulher teve leves ferimentos, ela pediu medida protetiva contra o ex-companheiro.

Facebook Comments