Câmara aprova redução de 20 para 15 anos de contribuição para homens

Câmara aprova redução de 20 para 15 anos de contribuição para homens
Câmara aprova redução de 20 para 15 anos de contribuição para homens (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil)

Foi aprovada na madrugada desta sexta-feira (12), pelo plenário da Câmara, o texto da reforma da Previdência. Reduzindo assim, de 20 para 15 anos, o tempo mínimo de contribuição exigido para homens do setor privado poderem se aposentar. Por 445 votos a 15, a proposta foi aprovada.

Na proposta inicial, o tempo mínimo de contribuição para mulheres era também de 20 anos. Entretanto, o relator Samuel Moreira (PSDB-SP) reduziu para 15, quando o tema estava em análise pela comissão especial. Mas, o destaque aprovado não altera a idade mínima para homens e mulheres se aposentarem. Idade essa de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres.

Além dessa alteração, outras duas foram aprovadas. Uma delas aprova a emenda que favorece aposentadoria de mulheres e pensão de viúvas, e outra que flexibiliza regras de aposentadoria para policiais.

Após a aprovação desses destaques, o presidente da Câmara Rodrigo Maia, encerrou a sessão. Convocando então, uma nova para a manhã desta sexta-feira (12).

Acordo

Para a aprovação da redução de contribuição para homens, foi necessário um acordo entre parlamentares pró-reforma, governistas e oposição. O acordo aconteceu na tarde de ontem, quinta-feira (11), no gabinete de Rodrigo Maia.

O deputado Alessandro Molon (PSB-RJ) comemorou a realização do entendimento, afirmando serem uma oposição qualificada, “que dialoga, que mostra dados, que estuda e não como foi dito hoje aqui mais cedo por um outro deputado: uma oposição que só quer atrapalhar” afirma Molon.

O partido Novo, entretanto, criticou a aprovação, afirmando que a redução atacava um dos pilares da reforma, o tempo mínimo de contribuição.

Facebook Comments