Perseguição policial termina com quatro suspeitos mortos em Guarulhos

Perseguição policial termina com quatro suspeitos mortos em Guarulhos
Crédito da foto: reprodução / GuarulhosHoje

Na noite de quarta-feira (17), uma perseguição policial terminou com quatro mortos na Via Dutra, em Guarulhos. A perseguição começou no bairro do Tatuapé, na Zona Leste da Capital, e terminou no km 214, na Via Dutra, cerca de 20 km depois.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 20h50, policiais faziam patrulhamento na Avenida Celso Garcia, quando se depararam com um veículo “com envolvimento em crimes anteriores”. Dessa forma, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), inicialmente suspeitaram que o carro era furtado.

Assim, os policiais deram ordem de parada, mas o motorista fugiu e os policiais começaram a perseguição. Segundo a PM, ao chegar na altura da rodovia, o pneu do carro em fuga furou, e os ocupantes desceram. Os policiais que estavam perseguindo foram recebidos a tiros. Ao reagirem, os quatro suspeitos foram baleados e mortos.

No veículo foram apreendidos uma espingarda calibre 12, carregador, submetralhadora, munições e colete à prova de balas, além de celulares. Já o carro estava em nome de Vítor Nascimento Barbosa Alves, um dos mortos durante o tiroteio.

A pista expressa da Via Dutra ficou totalmente interditada, no sentido São Paulo – Rio de Janeiro, para a realização da perícia e retirada dos corpos do local.

O trabalho da perícia que se iniciou as 3h30 da manhã, teve fim por volta das 6h30. Entretanto, a pista continuava interditada. Uma ambulância da concessionária responsável pela rodovia só foi retirar os corpos por volta das 7h50.

Motoristas causam acidente na via

A curiosidade dos motoristas que passavam pela via provocou um engavetamento com pelo menos cinco veículos na pista local, no sentido Rio. O acidente aconteceu por volta das 6h, ninguém ficou ferido, mas devido ao acidente, o trânsito ficou congestionado.

Mais tarde, por volta das 8h, outros três carros bateram no mesmo local. O acidente aconteceu após um motorista reduzir a velocidade para ver o que havia acontecido na pista expressa.

Investigação da PM apura as mortes

A Corregedoria da Polícia Militar abriu um inquérito para apurar a morte dos quatro homens e do suposto tiroteio entre os policiais da Rota e os suspeitos. O caso está sendo investigado também pela Polícia Civil.

De acordo com a Corregedoria, todos os envolvidos na operação (entre agentes da PM e da Rocam) foram afastados das ruas durante as investigações.

O carro em que os quatro homens estavam foi levado para o 4º Distrito Policial de Guarulhos. Ele estava sem uma das rodas e com quatro marcas de tiros.

A mãe de Vitor Nascimento Barbosa Alves, dono do veículo que morreu no suposto confronto, diz não ter entendido o que aconteceu e que espera uma explicação da polícia sobre o caso.

Facebook Comments