Estudante que publicou ameaças de ataque às escolas de Rio Preto é detido

Estudante que publicou ameaças de ataque ás escolas de Rio Preto é detido.
Crédito da foto: Freepik

A Guarda Civil Municipal (GCM) e o Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE) de São José do Rio Preto (SP), informaram que as escolas estão seguras e não sofrem nenhum tipo de ameaça.

Acontece que nos últimos dias, mensagens de ameaças às escolas de Rio Preto circularam no aplicativo Whatsapp. Mensagens escritas e áudios foram compartilhados e espalhou caos assustando os pais rio-pretenses. Nas mensagens uma pessoa divulgava um possível ataque nas escolas da cidade.

Investigações realizadas pela Polícia Civil levaram a um estudante de direito, segundo a polícia este jovem teria publicado ameaças a um Centro Universitário. O mesmo foi liberado após dar explicações junto à polícia.

Nesta semana também um adolescente teria ameaçado realizar um ataque contra a Escola Bady Bassit, localizada no bairro Vila Anchieta. Ele foi apreendido e encaminhado para a Fundação Casa. Evandro Pelarin, Juiz da Vara da Infância e Juventude de Rio Preto, afirmou que tudo não passava de um boato.

“O menor já está na Fundação  Casa, e não tem nenhuma outra notícia da polícia sobre o assunto”, disse Pelarin.

A GCM também publicou uma nota afirmando que não recebeu nenhuma ligação para atender ocorrências de ataques contra escolas, segue a nota:

“A respeito das mensagens que circulam em redes sociais sobre supostos ataques a escolas, a Guarda Civil Municipal esclarece que não houve até agora nenhum registro de ocorrência ou DENÚNCIA do tipo na cidade.

O comando da GCM informa que intensificou patrulhamento nas unidades de ensino com o objetivo de tranquilizar pais e alunos. Nosso telefone de emergência é o 153 e está à disposição da população”

Comunicado da GCM sobre ataques à escolas.
Crédito da foto: GCM

Facebook Comments