Hoje começa dezembro, o último mês do ano. Mas por que ele tem esse nome

Até 46 aC, na Roma antiga, o calendário romano estava em vigor, o que dividiu o ano em doze meses, como é hoje. A principal diferença em relação ao calendário atual foi que o ano começou no primeiro dia de março. Dois meses depois do que hoje. Dezembro foi, portanto, o décimo mês do ano. De lá vem seu nome: décimo mês.

Afinal, até mesmo os meses anteriores trazem essa marca: setembro foi o sétimo mês do ano, outubro foi o oitavo e novembro o nono. Mesmo os meses de julho e agosto trazem uma marca que vem do mundo da Roma antiga: inicialmente o mês de julho chamava-se Quintilis (quinto mês) e August Sextilis (sexto mês). A reforma do calendário, promulgada por Júlio César e introduzida em 46 aC, introduziu o nome “julho” em sua homenagem. No futuro, também Octavian Augustus teria seu mês: o mês de agosto.

O calendário em uso hoje nos países ocidentais é o calendário gregoriano, introduzido em 1582.

Bem-vindo dezembro, o mês das festas, das luzes, das estrelas, do nascimento de Cristo. A celebração de um ano que está indo embora, abrindo o caminho para novas emoções.

Não esqueçamos que este é o momento propício para compartilhar o amor presente em nossos corações com nossos irmãos, afinal essa foi a maior lição de Jesus.

Feliz Dezembro!

Close