DestaqueLiteratura

“O Alquimista”, uma ode à vida

Literatura – “O Alquimista” conta a jornada iniciática de Santiago, um jovem pastor andaluz. A narrativa começa com sonhos recorrentes, que o levam a consultar um velho cigano para decifrar o significado. Este revela-lhe que deve ir às pirâmides do Egito, onde encontrará um tesouro.

Santiago decide tentar a aventura. Ele vende suas ovelhas e sai para Tânger, a primeira etapa de sua jornada. Lá, ele encontrará um velho sábio que o ajudará em sua busca.

Ao longo de sua jornada ele enfrentará perigos, conhecerá pessoas que o enriquecerão e aprenderá a ler os sinais do mundo. Até o encontro dele, no deserto, com “O Alquimista”. Este último irá revelar a ele a verdadeira natureza de sua busca.

“O Alquimista” é uma história filosófica que enfatiza a importância dos sinais que a vida nos envia e nossa capacidade de distingui-los. De um modo geral, é uma história muito positiva que nos inspira a ir até o fim com nossos sonhos, a fim de realizar o que o autor chama de sua “Lenda Pessoal”.

O que eu realmente apreciei na obra de Paulo Coelho é que ela proporciona um caminho para a descoberta do “eu”, mostrando que a realização de um objetivo passa por diferentes erros, é claro, até a sua consumação. É também uma história que exalta os méritos da observação, da mente aberta e do desejo de descobrir.

De fato, ao longo de sua busca, Santiago continua descobrindo coisas interessantes e, graças ao seu discernimento, às lições que ele tira faz com que ele consiga reconhecer e se beneficiar disso. Uma história atemporal.

“O Alquimista” é uma das melhores obras de Paulo Coelho e pode ser encontrada nas livrarias físicas e virtuais.

“Quando você realmente quer que algo aconteça, todo o universo conspirará para que seu desejo se torne realidade” – trecho do livro.

Deixar uma resposta

Back to top button
Close
Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios