Agenda CulturalEventoNotíciasSão José do Rio Preto

Rio Preto celebra a diversidade da cultura negra (Consciência Negra)

Consciência Negra – Nem as fortes chuvas, que caíram sobre Rio Preto na noite da última sexta-feira, dia 16, tiraram a cor e animação da 1ª edição da Noite Preta, um evento de celebração da cultura negra que levou ao Complexo Swift a música, dança, teatro, poesia, gastronomia, folclore, artesanato dentre outras manifestações de artistas e profissionais negros da cidade e região, mostrando a pluralidade das expressões desse universo cultural. O evento foi promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura com apoio da Secretaria Municipal dos Direitos e Políticas para Mulheres, Pessoa com Deficiência, Raça e Etnia.

Diversos espaços da Swift foram ocupados por quase 30 participações e intervenções. As apresentações começaram às 19h com Batuqueiros da Vila no mezanino, com muito samba. Em seguida, o Obará Bloco Afro puxou o público para o Teatro Paulo Moura, onde começou a maratona de apresentações da Noite Preta. Um desfile de cores, versos, manifestos, histórias, música e história, sensibilizou o público.

De Olímpia, veio o tradicional Terno de Congada Chapéu de Fitas trazendo ao palco três gerações de congadeiros, que há mais de 40 anos preservam essa dança folclórica de raiz africana. Na sequência, se alternaram no palco, o coletivo poético de mulheres Pretas PalaBRas que falou sobre as facetas da vida e o sentimento das mulheres negras. A Cia de Dança Procuru, uniu adultos e crianças com coreografias étnicas e contemporâneas; o ator Ícaro Negroni trouxe textos, poesia e canto sobre a negritude e seu contexto social; com trajes típicos e danças ritualísticas. Já Kauê Rocha e Pai Alan mostraram um pouco da beleza da religiosidade dos Orixás na indumentária, na dança e na música. A Cia Dindara homenageou em uma obra ainda em produção, grandes mulheres negras, dentre elas a vereadora Marielle Franco, assassinada neste ano, emocionando o público. Com um baú de mensagens de grandes líderes negros, a atriz Gisele Lançoni divertiu e tocou o público; do palco, o poeta João Paulo uniu prosa, rap e verso para falar sobre o racismo e o preconceito social enfrentado pelos negros. O encerramento foi com muito batuque com As Valquírias, Obará e todos os artistas participantes levando o público de volta para o mezanino. Lá houve apresentação das Valquírias e show com Os RioPretanos. Confira as fotos da Noite Preta:

(Fotos e texto: Josy de Sá/SMCS).

Programação cultura da Consciência Negra continua

A programação voltada à cultura negra continua até o dia 9 de dezembro com uma série de eventos, promovidos pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura com apoio da Secretaria Municipal dos Direitos e Políticas para Mulheres, Pessoa com Deficiência, Raça e Etnia.

Noite Preta em Rio Preto.
Noite Preta em Rio Preto (foto: divulgação).

Nesta semana, no dia 24, próximo sábado, tem Oficina de Literatura Tradicional Yorubá no Templo Estrela Verde com o professor João Paulo Rodrigues, a partir das 15h. Informações na Secretaria de Cultura pelo telefone: 32022310. Confira a programação completa:

Programação Mês Consciência Negra

Dia: 24/11
Hora: 15h
Local: Templo Estrela Verde – Eldorado
Oficina de Literatura Tradicional Yorubá

Essa oficina tem como intuito abordar parte fundamental da literatura tradicional yourubá, transmitida oralmente e conhecida como Corpo Literário de Ifá, onde contém os Itan-Ifá, que são mitos cantados em versos e que abordam todos aspectos éticos, morais e religiosos do povo yourubá.
Ministrada por: João Paulo Rodrigues (Aralotum)

Dia: 29/11
Hora: 19h30
Local: Centro Cultural Manoel Antunes
Oficina Poema Falado – Literatura Negra
Coordenação: Ivan

Dia: 30/11
Hora: 19h30
Local: Centro Cultural Manoel Antunes
Oficina Poema Falado – Literatura Negra
Coordenação: Ivan

Dia: 30/11
Hora: 20h
Local: Céu da Artes – Nova Esperança
Dandaras: Eu Sou
Coordenação: Olívia

Dia: 08/12
Hora: 15h
Local: Instituto As Valquírias
Sarau Pretas Palabras

Com Mayara Ísis, Anna Magalhães, Yanelys Abreu e Sirlane Santana.
Pretas PalaBRas é um coletivo poético de voz e resistência das mulheres negras, que surge em contraposição ao machismo e ao racismo imperantes na sociedade. No sarau “pretas palaBRas” são apresentados poemas autorais das quatro integrantes do coletivo, e de outras mulheres negras latinoamericanas, além do espaço do microfone aberto para interação com o público, momento em que a plateia pode apresentar seus poemas.
Coordenação: Mayara/Anna

Dia: 08/12
Hora: 20h
Local: Teatro Nelson Castro
Dandaras: Eu Sou
“Cia Dindara Produções Artísticas” – Apresenta “Dandaras Eu Sou” (Ensaio Aberto de Um Processo Inacabável)
“Mulheres negras encenam situações vividas no dia a dia, alternando entre canto dança e interpretação fazendo um passeio pelo tempo desde Dandara dos Palmares passando por outras personagens da história que lutaram grandemente por igualdade.
Coordenação: Olívia

Dia: 09/12
Hora: 17h
Local: Represa Municipal Lago 2
Desfile Afro
O Piquenique com as Pretas, edição especial de Dezembro, trará um desfile Afro, que fugirá do estereótipo de exotificação e objetificação do corpo da mulher negra, nosso desfile será logo após os workshops Cuidados com os cabelos crespos e cacheados e Amarrações, turbantes e acessórios realizados durante o piquenique.
Coordenação: Edy/Sílvia.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicações de Rio Preto.
Consciência Negra

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close