18 Julho 2024

Recurrent Energy e SPIC Inauguram Complexo Solar Marangatu de 446 MWp no Brasil

2 min read

A Recurrent Energy, subsidiária da Canadian Solar Inc., anunciou a conclusão do Complexo Solar Marangatu de 446 MWp / 360 MWac em Brasileira, Brasil. A SPIC detém uma participação de 70% no projeto, enquanto a Recurrent Energy mantém os 30% restantes.

O Complexo Solar Marangatu, desenvolvido pela Recurrent Energy, foi totalmente energizado em abril de 2024, após 14 meses de construção. Setenta e cinco por cento de sua produção de energia está garantida por meio de acordos de compra de energia de longo prazo (PPAs). Espera-se que o complexo gere eletricidade suficiente para abastecer aproximadamente 550.000 residências anualmente. Além disso, o projeto criou cerca de 1.500 empregos diretos e 500 empregos indiretos.

Adriana Waltrick, CEO da SPIC Brasil, comentou: “É cada vez mais urgente que aceleremos o processo de transição energética, contribuindo para o setor elétrico brasileiro e reforçando nossa liderança em energia renovável. Com nosso novo empreendimento na geração de energia solar, pretendemos continuar crescendo com inovação, sustentabilidade, confiabilidade e, mais importante, competitividade. O Brasil precisa de energia abundante e competitiva, e é nosso papel criar as condições para isso.”

Ismael Guerrero, CEO da Recurrent Energy, disse: “Hoje marca um marco significativo para a SPIC Brasil, a Recurrent Energy e o setor de energia brasileiro. Esta inauguração ressalta nosso compromisso em expandir a geração de energia renovável no Brasil, proporcionando soluções de energia limpa e sustentável para o país. Estamos orgulhosos de que este projeto impactará positivamente o meio ambiente, a economia e a comunidade local. Esperamos continuar contribuindo para o desenvolvimento da energia renovável no Brasil e avançar em nossa missão de criar um futuro mais sustentável para todos.”